Translate

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

testemunho

Meu Testemunho.
Não quero provar nada a ninguém,  Mas conto o que passei para servir como aprendizado quando você vive e faz o que seu coração não quer e não aceita.
Fazem 4 anos.
Eu cheguei no fundo do poço de minhas proprias escolhas.
Um dia não aguentando mais tudo que havia vivido e como ainda estava vivendo eu Gritei!
Gritei com uma voz que tomava conta do meu intimo.
37 anos sem poder ser, viver, fazer e ter autonomia de minha existencia.
Não quero nem preciso entrar em detalhe mas resumindo: Doeu como uma Dor de Parto ter me visto tão longe...
Quando me vi ainda era uma criança.
Reconheci os erros, as magoas e tudo que eu permiti viver.
Neste momento eu Gritei!
Senti uma mão muito comprida entrar pela minha boca mas ela entrou profundo em mim...e veio tirando : as magoas, orgulho, falta de perdão, sofrimento calados e abafados aonde Eu os Permiti.
Doeu, gritei como a dor de um parto.
me vi amarrada em minhas profundezas de lamentações...Quando estava saindo do profundo pensei que iria morrer.
me faltou o ar.
Eu Senti a Mão da Paz e do Amor Tocar meu peito.....chorei....chorei com a mesma intensidade da Dor...
Pois quando senti esse Amor tocar meu ser eu queria dizer a muitos Eu Te Amo e Abraçar...passar aquele sentimento que em mim não cabia.
Só ouvi uma frase:
Não deixe seu coração vazio, pois pode entrar novamente.
Cuide de sua casa, deixe entrar em sua Morada apenas o que te faras Bem.
E estou aqui.
cada dia eu aprendo que não tenho nem sou nada mais que um grão. ..tenho muito que melhorar.
Mas se precisar partir para outro lugar, levarei apenas minhas vestes.
Quando Me Chamarem para perguntar o que tenho em minha bagagem...abrirei apenas uma coisa.
minhas mãos.
Farkas Molnár Regiane




Nenhum comentário: