Translate

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

O Tempo

                                                             O Tempo........
                                 
         
Que de fato nos faz cada dia mais distante um do outro
Sem Poder sentir verdadeiramente o que queremos para nossas vidas.
momentos de tristezas aonde não sei bem o que pensar, todos os sonhos foram perdidos e o que restou foram lembranças.....
A Vida nos encarrega de nos transformar e nos fazer pessoas melhores sobre nossos pensamentos e nossas vontades.
O que foi que não fizemos?
Aonde nos perdemos ?
Em que caminho deixei você?
E hoje sinto apenas o vazio em meu peito que me faz sentir que tudo foi em vão.
posso sentir o cheiro do drama, posso sentir a fragilidade de se sentir só
posso estar em movimento com meu proprio Eu querendo me entender querendo me encontrar,
posso sentir o cheiro da solidão que me faz triste por não saber aonde estou nem mesmo aonde ir,
que parte deixei de ler de minha propria historia.....
vazio ........ou a vontade de estar livre
diante de tantas
sentir essa liberdade de expressar o que meu coração sente è simplesmente a liberdade de estar em mim mesmo.....
Amar , sofrer, sentir a ausência de não sentir a presença de mim mesmo
Amar.....rir.....viver um conto aonde só eu posso estar ....só eu posso viver .....abrir os braços e sentir que vale a pena respirar.....
O novo, para me entregar aos braços da vida, da realidade minha....aquela que eu deixei para trás por um sonho que não pude realizar.
e hoje .....Hoje tenho apenas minhas mãos para eu tocar o céu .....o azul e o infinito......
Quero descobrir e me descobrir diante das minhas quedas....diante de minhas ausências.....
quero sentir o gosto do café pela manha e sentir que em minha boca fica o aroma e o sabor de viver....continuar a olhar pela janela e ver que existe um horizonte....que esse horizonte me espera....vai me levar alem.
Vai me levar a você.....meu Anjo .....que virou de ponta cabeça minha vida, que me fez sentir o doce e a leve sensação de mesmo contudo ser grata por toda essa mudança.

                       Farkas Molnar


Nenhum comentário: